Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O fumo do meu cigarro

Apenas um outro blog

O fumo do meu cigarro

Apenas um outro blog

Sabemos bem

Julho 09, 2016

Bruno

Tu sabes bem.

Alguns anos mais tarde, alguns problemas passados, todas as lágrimas secas e o sentimento quase morto, estás aí, fazes o teu jogo. 

Tu sabes bem. 

Tudo o que já se passou. Tudo o que já houve. Sonhos e fantasias. Apareceres quando pensava em ti. Apareceres e sonhar uma noite inteira contigo (os únicos "sonhos lúcidos" que tive).

Tu sabes bem. 

Eu sei bem. Tu não és meu. Nunca serás meu. Mas eu sei bem.

Sei bem que posso partilhar uma cama contigo, sabendo que voltas para uma mulher e para um filho. Sei bem que não tenho qualquer escrúpulo para fugir, especialmente, amando-te tanto. Sei bem que, mesmo sabendo que nunca serás meu, não te nego. Não agora. Não mais. 

Sei bem que, apesar dos pesares, será em ti que vou acabar. Um dia destes. Uma noite destas. 

 

Quando me perguntavam por que não arranjava ninguém e me mantinha sozinho, mesmo antes de surgires na minha vida... Sei lá por que não o queria. 

Neste momento, não arranjo ninguém por ti. Para ti. Para sexo qualquer um serve, mas dividir uma vida sem sentimento e viver uma mentira... Não. 

Fico aqui. Para ti. Por ti. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D