Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O fumo do meu cigarro

Apenas um outro blog

O fumo do meu cigarro

Apenas um outro blog

Radiohead acusam Lana del Rey

Janeiro 08, 2018

Bruno

Screenshot_2018-01-07-21-44-11.png

 Estava a ver o meu Twitter, ontem à tarde, quando dei de caras com este Tweet. Fui aos assuntos do momento e lá estavam, tanto Radiohead, quanto Lana del Rey. Para tentar entender o que se passava, fui ver o que dizia pelo Twitter (obrigado!) e percebi vários coisas:

 1) os Radiohead consideram que a música "Get Free" da Lana, é um plágio da sua música "Creep";

2) fiquei a saber que a "Creep", por sua vez, foi razão de uma disputa em tribunal, pelo mesmo motivo: plágio! Não só perderam, como tiveram que dar a co-autoria da música e um certo valor dos ganhos aos The Hollies, pela música "The Air I Breathe" (a mesma que plagiaram);

3) como podem ver pelo tweet, a Lana del Rey predispôs-se a dar-lhes 40% dos seus ganhos com a sua música, mas os advogados dos Radiohead são inflexíveis, ao ponto de exigirem 100% do mesmo.

 

Ora bem, deixem-me ir por partes: começo por dizer, que concordo plenamente que os artistas se protejam e peçam o que é seu de direito. Ao fim e ao cabo, é o seu trabalho, o seu esforço, os seus anos de luta e de estudo (de alguns), que ali está, pelo que, como já disse, concordo que exijam o que lhes cabe. Tal como os The Hollies fizeram. Se, realmente, a Lana del Rey e os Radiohead chegarem a vias de facto e chegarem a ir às salas de tribunal, não sei se existirá base legal para isto, já sem mencionar a base moral, não é verdade? Sendo que, não existindo essa base legal, nem moral, não acho correcto a Lana oferecer 40% dos seus ganhos a estes "senhores", quanto mais que exijam 100% do mesmo.

 

O meu texto não poderá, nunca, ser imparcial, devido ao facto de os Radiohead serem-me completamente indiferentes e eu ser um fã da Lana del Rey. É é nestas alturas, que fico feliz de não ser jornalista ou cronista profissional. Contudo, há que existir um certo equilíbrio nas coisas, tem que existir essa constância para que as coisas façam sentido, tal como é o caso das questões que podem e devem ser colocadas: plagiou, realmente, a Lana del Rey? Se plagiou, não deviam ser os The Hollies a efectivar um processo jurídico, face à acusação de plágio? Têm, os Radiohead, bases legais para actuar contra a Lana? Claro que, num processo legal, as bases morais não se aplicam (ou aplicam-se?), mas não consigo deixar de pensar nesta questão, depois de tomar conhecimento de que, também eles, foram acusados de plágio, justamente pela mesma música.

Deixo um excerto da Wikipedia, que se refere à acusação de plágio contra os Radiohead. Qualquer pesquisa no Google sobre este assunto, irá revelar vários sites a mencionar isto, e desculpem estar EM Inglês, mas a versão em Português não tem nada. E, como poderão ver, as pessoas foram rápidas a fazer alterações na Wikipedia e a acrescentar este litígio entre a banda e a artista. 

"" Creep" shares a chord progression and melody with "The Air That I Breathe", a 1972 song recorded by the Hollies.[9][10] The song's writers Albert Hammond and Mike Hazlewoodsued and received cowriting credits and a percentage of the song's royalties.[11]According to Hammond, "Radiohead agreed that they had actually taken it ... Because they were honest they weren't sued to the point of saying 'we want the whole thing'. So we ended up just getting a little piece of it."[12]

In 2018, Radiohead themselves launched a lawsuit against Lana Del Rey claiming her song "Get Free" plagiarizes "Creep", demanding 100% of the publishing royalties. The case is still in litigation."

Fonte: https://en.m.wikipedia.org/wiki/Creep_(Radiohead_song)#Copyright_lawsuits

 

Deixo no ar a pergunta: iremos ver o Tony Carreira a exigir dinheiro por plágio, a qualquer músico, no futuro?

Piadas à parte, tentarei seguir o assunto, pois admiro e respeito imenso a Lana del Rey. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D