Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O fumo do meu cigarro

O fumo do meu cigarro

14
Ago17

Noite de festa? Não para mim.

Bruno

Estou de férias pela zona de Viseu. Hoje, neste exacto momento, está a haver festa na minha aldeia e eu já vim para casa, depois de pouco mais (ou menos?) de uma hora lá. Estão lá todos, incluindo a minha mãe e a minha tia, mas eu vim já para casa. 

Não querendo parecer pessimista, mas não estou lá a fazer nada. De um grupo enorme de amigos de Verão, formaram-se vários pequenos grupos, onde não me insiro em nenhum. Toda a vida foi assim, estava neste ou naquele grupo, até que se desintegravam os grupos e não havia lugar em nenhum para eles. Há muito que me deixei dessas ilusões de grupos serem muito unidos. Há muito que me apercebi que ninguém me entende, nenhum deles me entende, seja aqui, seja onde for. 

Para mim, a festa é deles e eu gozo de um momento a sós em casa. Para mim, a festa é deles e a noite é triste. Para mim. Só para mim. 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D