Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O fumo do meu cigarro

O fumo do meu cigarro

09
Set17

Infinito (devaneios de merda)

Bruno

Sabes que perdes muitas oportunidades, quando pensas em tanta coisa para escrever. Pensas e o pensamento vai fluindo. E, depois, quando vais escrever, já se esfumou na noite.

Sabes que tens de deixar ir. Deixar ir as inseguranças, quando te prendes apenas ao pensamento, sem passares para a acção.

Sabes que, talvez, aos olhos dos outros, a tua forma de agir perante os sentimentos esteja errado. Mas... Os outros, são os outros.

A rua é uma espécie de abrigo. A rua é um constante perigo.

Estava tudo tão bem. Claro que, para a queda, tinha que ser uma queda enorme. Enfim, já devia estar habituado, mas tenho uma tendência enorme para me habituar mais facilmente a estar bem, do que voltar a cair na merda.

Não sei se serve de alguma coisa estar a escrever.

Tens razão, meu amigo, quando dizes que as palavras são traiçoeiras. Transmitem, por vezes, sentimentos que não estão lá. Especialmente, escritas.

É com as palavras que, tantas vezes, nos enganamos.

Mas... Sei lá. A noite até correu bem. Só que há sempre qualquer coisinha a moer a minha cabeça.

 

Como é que posso deixar seguir isto? Quem é que me dá a segurança para dar um novo passo? A quem entrego aquela confiança, que não sinto por ninguém?

 

Eu sou. Algo estranho. Cor de cera. Cor de morte. Cheiro de putrefacção. Mágoas infinitas, como as estrelas na vastidão; infinito como a vastidão. Pó de estrela. Devaneio. Melancolia na escuridão. Luzes néon da cidade. Frias arcadas de prédios, que nos resguardam da chuva e da trovoada, enquanto o fumo sobe na noite. Eu sou. A magia sonhada e ilusória dos poetas e dos artistas. A salvação preferida - a droga? - dos perdidos, dos pecadores.

 

Eu sou a noite em que me movimento.

Eu sou o silêncio da solidão.

Eu sou a mágoa.

Melancolia.

Canto.

Oração.

Infinito. 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D