Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O fumo do meu cigarro

Apenas um outro blog

O fumo do meu cigarro

Apenas um outro blog

Aleatório (segunda parte)

Dezembro 16, 2017

Bruno

Palavras que vêm e que vão e que se perdem na noite. 

Escrever e apagar. Querer. Desejar.

Toco-me. Não há um rosto familiar, em que pousar o meu desejo.

Sou o luar que entra pela janela. 

Os sonhos de há séculos. Milénios. E os meus desertos. Sempre os meus desertos. 

Caravanas de sonho. 

De onde vim?

Eles. As princesas. 

Não. Príncipes, não. Reis.

 

Carros nas madrugada. 

Familiaridade. Desconhecidos. 

Os mesmos motivos, as mesmas concepções. 

Perigos. 

Anseios. 

Devaneios. 

Becos escuros. Álcool a mais. Desejo, que se desvanece. Realidade crua. 

 

Deixar fluir. 

Parar e pensar demais influencia demasiado. 

Incomoda, neste momento, de fluidez. De suposta fluidez. 

 

Fim! 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D