Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O fumo do meu cigarro

O fumo do meu cigarro

30
Set17

...

Bruno

Já me disseram que fizesse gravações de vídeo ou de áudio, quando tivesse pensamentos que servissem para escrever.

Já pensei sobre isso imensas vezes. Demasiadas, até. E, há pouco, que quanto descia a rua e falava sozinho, pensei nisso. Uma outra vez.

Perco demasiadas boas ideias assim. Mas... fazer o quê? Não me sinto confortável, nem com a minha voz, nem com a minha imagem. Antes, ainda me via a fotografar isto ou aquilo. Agora, não fotografo muito. 

Estou demasiado cansado para pensar com clareza. Devia dormir. Mas quero, no entanto, a satisfação artificial da Internet. Não entendo bem do quê, mas de algo que a mesma proporcione.

Tenho que parar de flutuar entre mundos, entre pessoas. Tenho que arranjar maneira de incorporar tudo. Mas não será hoje. Essa luta é demasiado grande para ser travada numa só noite. E, tal como já disse estou demasiado cansado.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D