Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O fumo do meu cigarro

Apenas um outro blog

O fumo do meu cigarro

Apenas um outro blog

...

Fevereiro 20, 2017

Bruno

Conheço a voz. Já ouvi o que dizias antes e o jeito de expressão não me agradava tanto, mas... todos mudamos, não é verdade?

De tempos a tempos, lá vou eu, pelos insondáveis caminhos da descoberta. A descoberta da música, a descoberta de sentimentos, emoções (e talvez tenhas razão, a minha alma não será tão fechada quanto eu afirmo). De tempos a tempos, vozes e estilos misturam-se. Separam-se. Encontram-se, novamente, os caminhos que antes não se uniram. Unem-se, sabe-se lá por quanto tempo. E dessa união, surgem frutos: obsessão. Quietude na escuridão. Lágrimas que escorrem timidamente pela cara, que nem a sós eu gosto de chorar. 

Conheço a voz. E sei que amo. Amo essa voz. Amo. Não sei quem. Não sei o quê. Mas amo. E com força, com toda a minha força, vejo os meus amores esmorecerem, sucumbirem. Desaparecem pelo tempo. Desaparecem pela vida. Até ao dia, em que eu me tornar esquecimento.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D